when life happens…

large2

Há um ano atrás eu conhecia apenas a Europa. Hoje eu conheço também a América e a Ásia. Quem sabe até ao fim do ano não chego a visitar o Dubai ou o Vietname.

Há um ano atrás estava nervosa para aquela que seria a primeira grande viagem da minha vida. Grande em termos de distância e de duração, e eu não sendo nada fã de aviões. Fui em trabalho à Índia, representar a minha empresa. Na altura, lembro-me de não ter muito a ideia de querer viajar e conhecer o Mundo. Mas foi aquela viagem que me abriu os olhos – literalmente. Fez-me ver que há mais para além daquele que eu chamava o meu universo.

A minha bolha rebentou e eu desmoronei. Não foi fácil e ainda é todo um processo de recuperação do trauma, MAS eu provei a mim mesma que consigo. Eu valho muito mais do que qualquer pessoa possa ver por fora. Eu sou muito mais hoje do que alguma vez fui há um ano atrás.

Eu cresci muito. Se pudesse, não tinha passado pelo que passei. Só que me fez ver que não podemos ter a nossa vida como garantida. O dia-a-dia que conhecemos hoje, amanhã pode não estar ali, pode cair o chão e fechar-se o pano da cortina de repente. E o que eu quero é chegar ao fim e pensar “Eu não poderia ter feito melhor!”.

A luz ao fundo do túnel está lá, mais ou menos apagada, mas eu prometo que a vão ver. Se chegou para mim também chega para vocês.

PS.- Um grande obrigada a quem esteve aí para os momentos críticos. Agora o sol brilha em mim com mais frequência e os sorrisos são cada vez mais verdadeiros.

(Continua…)

~EN~

One year ago I only knew Europe. Today I have visited the U.S. and Asia. And, by the end of the year I may actually go to Vietnam or Dubai.

One year ago I was pretty nervous for my first big trip. It was a massive thing to me as it was my first long haul flight and I was never a fan of flying. I went to work in India to represent my company. By that time I remember that I did not have the ambition of travelling and that wanderlust. But this was definitely a journey that opened my eyes – quite literally. It made me realise that there was so much more than what I knew in my little bubble.

So that bubble burst and I fell – face down. It wasn’t easy but I proved myself that I can do it. I am worth so much more than anyone can see and I am so much more today than I was a year ago.

I’ve grown up so much. Obviously, if I could I wouldn’t chose to go through all that pain. Though it made me see that we cannot take the good things for granted.  The daily routine we know today, may not be here tomorrow, the sky can fall suddenly. I wanna arrive to the finish line and think ‘I couldn’t have done better!’.

There is always a light at the end of the tunnel, shining brighter or a bit dim, but I promise you it’s there. If I found it, anyone can.

(to be continued…)

PS.- I would like to thank everyone that helped me through the toughest times. Now the sun is shining more often and my smiles are absolutely genuine.

 

Advertisements