How to nail job interviews?

Screenshot 2019-05-06 at 10.14.48 am

I’m no expert here, don’t be fooled. But, as I’ve said here and here, I’ve had quite an experience with job interviews. To be precise, I’ve been to nearly 15 of them during this 2-month never ending period.

Today I bring you some tips that helped me out when answering questions, how to follow up and much more. They’ve turned out to be extremely effective in my case as I’ve been offered 3 jobs – I must have done something right.

I love creating excel sheets to organize my life, so these came in handy when I was planning my job search. On my excel sheet I had written down the company name, what type of job I was going for in there, what was my first impressions, salary and then how I felt the interview went, feedback from them, next steps and a “when to follow up” date.

Still on the excel sheets, it was very helpful to create a pros and cons list when I got offered a couple of (completely) different positions that I was pretty much torn about. I’ve listed down: type of company (big, small, start-up, international, etc), salary, location, reviews on Glassdoor. 

You can never be “too prepared” for an interview, so do all the research you can! Not only looking up the company website, but also check the news section on Google and type their names, look them up on Instagram and Twitter to see what they are likely to share. This will give you a better inside of what’s the company like. Better safe than sorry!

Always (and I mean ALWAYS) follow up. If you’ve applied for a job you really want, and it has been 2-weeks and you haven’t heard from them, drop that HR department an email. After an interview ALWAYS follow up with an e-mail “It was lovely to meet you today, I look forward to hearing from you” – it’s proved that recruiters are more likely to hire you when you follow up!

Also, when you have a negative response, always reply. Do not leave that black cloud raining on your inbox. Reply, archive and move on. Be nice: “Thank you very much for your quick response, I’d like to thank you for taking the time to getting to know me and going through my interests and aptitudes.”

Let me know if you’d like any more tips on a particular topic and I’ll be happy to help 🙂 I’ll see you soon!

🇵🇹

Não estou a dizer que sou uma expert em entrevistas, não se deixem enganar. Mas, como disse aqui e aqui, ganhei alguma experiência com entrevistas de emprego. Para ser mais precisa, fui a quase 15 entrevistas durante este longo período de 2 meses. 

Hoje trago-vos algumas dias que foram uma ajuda preciosa a preparar as minhas respostas, como “pedir feedback”, etc. Dado que me foram oferecidas 3 posições, eu considero que estas dicas ajudaram – alguma coisa devo ter feito bem.

Eu adoro criar páginas de excel para organizar a minha vida, e estas foram extremamente úteis quando estava a planear a minha procura de trabalho. Na folha de excel escrevi o nome da empresa, o tipo de trabalho que estava à procura, quais foram as minhas primeiras impressões, o salário e posteriormente o que senti pós-entrevista, o feedback da empresa, quando fazer follow up e os próximos passos.

Ainda no tema das folhas de excel, criei uma lista de pontos a favor e contra. Foi uma ajuda preciosa, dado que me foram oferecidas posições (completamente) diferentes e estava bastante dividida. Eu listei: tipo de empresa (grande, pequena, start-up, internacional, etc), salário, localização, opiniões no Glassdoor*.

Nunca se está “demasiado preparado” para uma entrevista, por isso façam bem a vossa pesquisa! Não só visitem o website da empresa, mas também a secção de notícias do Google, procurem pela empresa, e pesquisem também as suas páginas do Twitter e Instagram para verem quais são os tipos de interesses que têm. Esta dica vai dar-vos uma melhor ideia de como a empresa funciona. É melhor prevenir do que remediar!

Sempre (e eu quero mesmo dizer SEMPRE) façam o acompanhamento (follow-up). Se se candidataram a um trabalho que querem mesmo e já passaram duas semanas desde o último contacto, mandem um email para o departamento de recursos humanos a pedir um update. Depois duma entrevista, enviem SEMPRE um email “Gostava de lhe agradecer pela reunião de hoje, estou agradecida por tê-la conhecido e fico atentamente à espera da sua decisão em relação à minha candidatura.” – Está comprovado que é mais provável os recursos humanos contratarem alguém que tenha enviado um e-mail após uma entrevista!

É também importante enviar um email de acompanhamento após uma rejeição. Não deixem essa nuvem negra a chover na vossa caixa de entrada. Respondam, arquivem e bola pra frente. Sejam simpáticos:  “Obrigada por ter dispensado o seu tempo para rever a minha candidatura e discutir comigo os meus interesses.”

O que acharam? Se quiserem mais dicas acerca de algum tema específico, digam-me e terei todo o gosto em ajudar 🙂 até à próxima!

*não tenho a certeza se o Glassdoor funciona em Portugal, mas no UK é um site/app onde se podem publicar opiniões acerca duma empresa onde já trabalhamos e é uma ajuda incrível na procura!