Fresh face

Screen Shot 2018-03-15 at 7.45.30 pm
Hoje saí de casa sem maquilhagem. Não é, na minha opinião, o meu melhor look.
Cresci a ser super feminina e vaidosa, vendo sempre a minha mãe a aplicar maquilhagem e tornar-se miraculosamente linda e perfeita. Na escola levei na cabeça uma ou duas vezes, por professores, porque estava a usar maquilhagem.
Só quando me mudei para Londres é que comecei a habituar-me a ir de cara lavada ao supermercado, ao fim-de-semana. Sem maquilhagem não sou eu.
Cada vez mais tenho saído à rua só com creme hidratante para passear – o que deixa o namorado feliz. Não que ele tenha algum problema em eu usar maquilhagem mas diz-me sempre que eu devia deixar a minha pele respirar mais vezes.
Eu não estou habituada a ir trabalhar sem maquilhagem. Aconteceu hoje, porque me esqueci da porcaria da bolsinha das maravilhas em casa. Por momentos (durante uma hora e tal) senti que o meu dia estava completamente arruinado e fiquei de rastos. Senti uma vontade extrema de voltar atrás, ir a casa e trazer a minha make-up, mesmo que isso fizesse com que eu chegasse meia hora atrasada (ridículo, eu sei). Para além de me sentir feia, ainda me senti enraivecida pelo meu esquecimento.
Depois desta saga de pensamentos de caca que me ocorreram, apercebi-me – e culpo o yoga – ‘pó caraças, quem quer saber se eu não tenho maquilhagem? Eu sou mais do que um batom e um blush, sou um ser humano que merece ser valorizado e estou feliz com a minha vida, pelo que só pode ser um bom look!’. Ao mesmo tempo a minha mãe enviou-me uma mensagem a dizer “Não te preocupes, usa o teu melhor sorriso e estás linda!”
Na semana passada comecei a praticar yoga de novo e desde então comecei a olhar para a vida com outros olhos, a ter pensamentos mais positivos. Não vou deixar que as coisinhas pequeninas me estraguem o dia, se elas não são um big deal.
Eu sou bonita como sou, sou uma criatura maravilhosa e o meu sorriso é muito mais do que um blush, corrector de olheiras ou um batom da Chanel. E tu também.
Todos vós.
PS- Obrigada à minha bff que me tentou acalmar! 🙂


Today I left home without any make-up. Not a good look, if you ask me.
I’ve grown up being super feminine and vain, always watching my mum applying make-up and looking miraculously beautiful and flawless. In high school I was told off once or twice, by teachers,  because I had make-up on.
It was only until I moved to London that I was able to leave home without make-up to go shopping for groceries over the weekend. Me without make-up does not feel like me. 
More and more I am getting used to wear my fresh face to go places – which makes the boyfriend proud. Not that he has any issue with me wearing make-up whatsoever but he says I should leave my skin to breathe more often.
I am not used to go to work without make-up. It happened today because I left the bloody wonder bag at home. For moments (around an hour or so) I felt like my day was ruined. I felt the urge to go back home to grab my make-up bag even if that meant arriving half an hour late (ridiculous, I know). I felt anger inside and that I looked ugly AF.
After all this shit thoughts running through my mind, I finally realised – and I blame yoga for this – ‘fuck it, who cares if I don’t have make-up? I am more than blush and lipstick, I am a human being that is worth taking care off, and I am happy where I am now, that has to be a good look!’. At the same time, my mum texted me saying “Don’t worry, wear your biggest smile and you’ll look great!”
Since last week, I’ve started practising yoga again and I’ve started having a different view of life, more positive thoughts. I am not letting the little things that would spoil my day to do so, if they are not that big of a deal.
I am beautiful as I am, I am a wonderful creature and my smile is more than a blush and concealer and fancy lipstick. So are you.
All of you!
PS- Big thanks to my bff that tried to calm me down! 🙂

Advertisements

XMAS ’17 WISHLIST #2 (Make-up COLLECTION)

A lista de prendas número 2 está aqui, enquanto ainda se tem dinheiro – haha. Desta vez, ficam os desejos de maquilhagem da Charlotte Tilbury 🙂
Wishlist number 2 is here, while we still have some money left – haha. This time, see below my make-up wishes from Charlotte Tilbury 🙂


Colour Chameleon, Golden Quartz
Screen Shot 2017-11-19 at 2.58.42 pm
Luxury Palette, The Dolce Vita
Screen Shot 2017-11-19 at 3.02.01 pm
Holywood Lips, Rising Star Liquid Lipstick
Screen Shot 2017-11-19 at 3.03.02 pm
Matte Revolution, Pillowtalk Lipstick
Screen Shot 2017-11-19 at 3.03.27 pm
Goddess Skin Clay Mask
Screen Shot 2017-11-19 at 2.58.29 pm

The (great) Ordinary

A The Ordinary intitula-se uma marca humilde. Aparentemente, os senhores conseguiram incluir materiais da química e bioquímica para criar um cuidado de beleza funcional, a preços acessíveis.
Para ser completamente honesta, eu acho que eles deviam estar orgulhosos. São tão bons  e são tão baratos.
Nunca na minha vida pensei em colocar óleo na minha cara, até uma amiga me ter sugerido. Depois de mo ter oferecido no meu aniversário e prometer-me milagres posso dizer que: A minha pele está um espanto!
AH, e eles não testam em animais! Maravilha?
Experimentem estes:

€5,80 (£5,90) & €9,80 (£9)

E tu, já ouviste falar da Abnormal Beauty Company? Quero saber as opiniões 🙂

The Ordinary says they are an humble brand. Apparently, they picked chemistry and biochemistry materials to create an advance functional beauty without the insensible prices.
To be brutally honest, I think they should be freaking proud of what they created. They are pretty good with their products and they are super cheap.
I’ve never thought about putting oil on my skin, until a friend told me about it. After kindly offering it to me on my birthday and promising me some kind of miracle, I must say: My skin looks amazing!
AH, They are cruelty free! Perfection?
See the products above!

Have you heard about The Abnormal Beauty Company? Let me know what you think about it! 🙂

Back to basics with Colour b4

2016-06-23

No Sábado passado perdi a paciência que tinha para continuar a manter os meus cabelos pretos.

O Verão está aqui – bem, ainda não chegou a Londres, mas estou com fé – e eu não quero ter que me preocupar em retocar as raízes. Se bem que, o principal motivo desta mudança é por ter saudades do meu cabelo castanho cor de avelã. Ando fixada no preto (alternadamente com outras cores) desde os 18 anos.

Então experimentei novamente este produto que é um autêntico milagre. Já é a segunda vez que o utilizo e estou positivamente surpreendida. Ninguém acredita que eu não pintei o cabelo!

É chamado Colour B4 e na minha opinião é perfeito. A aplicação é super fácil, parecida à de uma tinta de cabelo em que se misturam os conteúdos de uma garrafinha para outra e aplica-se no cabelo, deixando por 60minutos. No fim, enxaguar por 5-10 minutos e aplicar um último produto para retirar os vestígios de tinta do cabelo.

Pros:

  • Remove a cor artificial do cabelo;
  • O cabelo está completamente preparado para ser pintado assim que este processo está completo (o cabelo tem que estar seco para ser pintado da cor desejada);
  • Não pinga, mesmo sendo líquido. Eu tenho cabelo curto e isto é um ponto a favor para mim.

Contras:

  • O cheiro. Pelo amor da Santa, ninguém imagina o cheiro disto. É que nem sei por onde começar, mas parece que um dos ingredientes do produto são ratos mortos. Eu sugiro aplicarem o produto numa casa de banho com a porta fechada e assim que terminarem coloquem todos os utensílios (garrafinhas, luvas, qualquer coisa que tenha entrado em contacto com o vosso cabelo) num saco de plástico e lixo – de preferência fora de casa;
  • Não é tão eficaz em cabelos pretos tendo tendência para dar uma tonalidade meia avermelhada – como o meu, mas estou a gostar. Funciona melhor em cabelos alaranjados, loiros, vermelhos.

Já conheciam este produto? Se tiverem alguma questão, disponham, estou disponível no que possa ajudar. 🙂

E não se esqueçam de fazer like na página do blog no Facebook.

~EN~

Last Saturday I just lost the patience to maintain my black hair.

Summer’s here – well, not in London yet, but I have faith – and I don’t want to have to worry about doing my roots. Though, the main reason I’ve done is that I actually miss my natural hazelnut brown colour as I have been dying it black since I was 18.

So I used this miraculous product I tried before and I am very well impressed about it (once again)! You know when you find a miracle that works so well no one believes you? I am here to share this with you. No one at works believe I have not dyed my hair, awesome!

It’s called Colour B4 and it works pretty well with me. The way to apply it is similar to a hair dye. You mix one bottle with the other and apply it to the hair, leaving it in for 60 minutes. Once done, wash it off for 5-10minutes and apply the last product to wash the hair dye off the follicles. Simple!

Pros:

  • It strips the dye from the follicles;
  • Hair is fine to be dyed straight after using this product (after drying it, can apply whatever colour you wish);
  • It doesn’t drip, even though is liquid. I have short hair, so I would have noticed if it did.

Cons:

  • The smell. Is the only bad thing about it really. It is unreal. I don’t even know where to start with this, literally feels like they killed some mice and added it to the product before finishing. And the smell sticks everywhere in the flat. I suggest you do to this in the toilet with closed door, and place all bottles/gloves/whatever had contact with your hair in a bag and bin it – far from the house. After doing the application in the toilet, you can wrap your hair with cling film (my favourite technique) so the smell won’t spread around the house;
  • It does not reacts that well on black hair, as it kind of tends to turn slightly reddish (like mine – but I am embracing it). Works best on reds, orange and artificial colours.

Did you know about this product? If unsure, don’t hesitate to ask me anything about it, as long as I can help 🙂

And don’t forget to like the blog on Facebook.

NYX, a new love has born

large
Quando falo de maquilhagem é sinal de que é irem buscar uma cadeira.
É mesmo uma das coisas que mais adoro fazer. E adoro procurar produtos novos e tento manter-me atualizada (desde que o budget o permita).

Quando era mais nova, adorava maquilhar os olhos. Eu era toda eyeliners e sombras de olhos. Nem me lembro na altura de haver a loucura das pestanas grandes.

Quando vim para Londres comecei a apaixonar-me por batons, da MAC (óbvio).

E bem, agora eu gosto de tudo! Quero dizer, blushes, eyeliners (de caneta, de gel, em lápis, como for), batons, contorno, iluminados, kits de sobrancelhas…é todo um mundo mágico à minha espera!

Então entre conversas com uma amiga que é tão louca por maquilhagem como eu, descobri a NYX. Já tinha ouvido falar mas pensava que só se podia mandar buscar dos EUA, então nunca procurei muito sobre a marca. Até que… encontrei a banca no Selfridges! 🙂

De momento estou completamente apaixonada pelo Soft Matte Lip Cream, é um gloss que fica mate e também mancha os lábios para a cor durar imenso tempo. É uma maravilha. Tenho o Prague e o Ibiza estou à espera do Cannes que está esgotado em Londres.

Estava a precisar também dum corretor e de um pó e a assistente aconselhou-me estes lindos: HD Photogenic Concealer Wand e o Mineral Finishing Powder. Do corrector não há muito a dizer porque faz o trabalho que lhe compete. O pó, é um mimo, a minha pele parece que anda com photoshop portátil, adoro a sensação de leveza e a suavidade!

O próximo a experimentar vai ter que ser o Born to Glow Liquid Illuminator na cor Gleam. Estava esgotado, mas eu tenho mesmo que o ter em breve, tem um brilho suave e bonito (leia-se saudável).

Espero que tenham gostado. Digam abaixo se querem ver mais posts do género.
Se ainda não fizeram like na página A Dreamer’s Land no Facebook, façam favor 🙂 até à próxima.

~EN~

I would advise you to sit down, as when I start talking about make-up this may take a while.
It is one of the things I love the most. I am very passionate about looking for products, trying them and I always try to keep up to date (as long as the budget allows.)

When I was younger I developed a favouritism for eye make up. I was very into eyeliners and eyeshadows – I don’t remember big lashes being very big at the time.

Then I moved to London and start falling in love with lipsticks, from MAC (what else?).

Well now I’m into pretty much everything. I explain: I love blushes, eyeliners (gel, pen, pencils, you name it), lipsticks, contour, highlighters, brow kits… it’s a whole magic world!

So in between conversations with a friend that is into make up as much as me, I discovered NYX. I heard about it before but thought I had to order from the U.S. so I never looked too much into it. Until I found it in Selfridges! 🙂

At the moment I am so into their Soft Matte Lip Cream, a velvety lipgloss that turns matte. It also stains your lips for long lasting burst of colour. Wow. I have Prague and Ibiza, and I am waiting for Cannes that is sold out in the UK.

I really needed a concealer and a finishing powder, so the assistant recommended these two: HD Photogenic Concealer Wand and Mineral Finishing Powder. The concealer does its job. But the powder, I gotta say it was a great surprise. It’s like  I photoshop my face every time I do my make up, I absolutely love the lightweight sensation and the smoothness of my skin.

Next in line to give it a try is the Born to Glow Liquid Illuminator in Gleam colour. I mean, I wanna glow like that all day, everyday.

Hope you have enjoyed the post. Let me know if you wanna see more like this.
If haven’t yet, please like A Dreamer’s Land on Facebook 🙂 and see you next time.