Bali Must-See! (1/2)

I have a tendency to post about my travel a year after I return to London. I don’t know what get’s to me, call it holiday blues.

This year, unfortunately, there is no long haul flights on the horizon as per the 4 weddings and a christening that we have abroad (yep, I am completely aware that this could well be a movie name). I must say besides being super excited for the events, I’ll get to know places I’ve never been such as Bordeaux and Seville and some of Portugal’s little towns! 🙂

Without further delay, please *drumrolls* I give you… Bali ❤ (I’ve decided to divide this post in 2 as it was super long, so you gotta stay tuned for the “what to do” that’ll be coming soon!)

Eu tenho uma tendência para fazer posts acerca das minhas viagens sensivelmente um ano após voltar a Londres. Não sei bem porquê, mas se calhar é da nostalgia e dos holiday blues.

Este ano, infelizmente, não haverá voos de longo curso devido aos 4 casamentos e o baptizado que temos fora – quase lembra um nome de filme, certo? Para além de estar super entusiasmada pelos eventos, tenho a dizer que mal posso esperar para conhecer estas cidades fantásticas como Sevilha e Bordéus, bem como algumas aldeias de Portugal! 🙂

Bem, sem mais demoras, (inserir o som dos tambores aqui) trago-vos… Bali ❤ (Tomei a liberdade de dividir este post em 2 pois estava super longo, por isso continuem a ler o blog para saberem “o que fazer” em Bali, o próximo post sairá em breve!)

IMG_1045

Where to sleep:
Sal Secret Spot was the hotel we chose to spend our lovely week in paradise. This hotel has 2 buildings that are 15-min walk from each other.  We’ve spent 3 days in the Resort building, where you have access to the swimming pool and the bar and the remaining days in the Beach building where you have the wave-watching suites.
The hotel is lovely, the swimming pool is dreamy and the mojitos are tasty!
Obviously the days we’ve spent in the sea view suites was greater as you fall asleep and wake up to the sound of the waves. Magical!

Due to maintenance works in our swimming pool, we got to also enjoy Boho Bali’s swimming pool and it also looked like a good alternative to stay in Uluwatu.

Onde ficar: 
O hotel que nós escolhemos para passar a nossa semana foi o Sal Secret Spot. O hotel tem 2 localizações que estão a 15-min a pé uma da outra. Passámos 3 dias no resort onde tínhamos acesso à piscina e também ao bar, e o resto dos dias foram passados na residência da praia.
O hotel é super amoroso, a piscina é absolutamente genial e os mojitos são deliciosos!

Obviamente preferimos os dias em que passámos na suite da praia, pois éramos embalados (e acordados) pelo som das ondas do mar. É mágico!

Devido a trabalhos de manutenção na nossa piscina, também tivemos a oportunidade de aproveitar a piscina do Boho Bali e pareceu-nos uma óptima alternativa para ficar em Uluwatu.

 

Where to eat:
Our favourite restaurant was Lucky Fish, located in Bingin Pantai (Bingin Beach). You eat the freshest fish and seafood and it’s super cheap. Also, if you visit this restaurant to have dinner, you’ll get to eat in a table placed in the sand!

Other restaurants we recommend (all based in Uluwatu) are Breeze, Yeye’s (for great fish) and Outside Corner Organic Cafe (great salad bowls).

We’ve discovered Batu Bali by chance. It looked like such a cool place to have a pre-dinner drink and the food is amazing! It’s not the cheapest but the ambience is worth it!

In the heat of the moment, we went for a drink in a nightclub called Single Finn. We went by night time however found out it’s a great spot for you to watch the sunset. I definitely recommend you checking this out!

Onde comer:
O nosso restaurante preferido foi o Lucky Fish, que fica em Bingin Pantai (Bingin Beach). Aqui podem provar o peixe e o marisco mais fresco e é super barato! Ah, e se jantarem têm a hipótese de comer numa mesa na areia!

Outros restaurantes que recomendamos (todos em Uluwatu) são o Breeze, Yeye’s (os dois para peixe fresco) e o Outside Corner Organic Cafe (saladas).

Descobrimos o Batu Bali por acaso. Pareceu-nos ser um óptimo sítio para pararmos para uma bebida antes do jantar mas a comida deles também é soberba! Não é o sítio mais barato mas o ambiente vale a pena!

No calor do momento, fomos tomar um copo a uma discoteca chamada Single Finn. Fomos depois de jantar mas descobrimos depois que este é um local de eleição para se ver o pôr do sol. Recomendo vivamente!

 

Top tips:

  • If you have a license (not that you necessarily need one, as they won’t care much about it) you need to rent a motorcycle – it’s a magical freedom to get to see these beautiful views from a bike and if I remember correctly we paid nearly GBP10 for 7-days rental!
  • I adore my coffee, I love a great espresso and I truly appreciate it… however when I visited the Luwak Coffee I was super disappointed. We have a truly open mind and it’s not the fact that they poo the coffee, it’s just the taste itself, it’s super bitter and I wouldn’t recommend (but if you are curious like us, obviously you should go and check it out!)
  • Monkeys will steal your belongings and is not a joke. They’ll take away your sunglasses and cameras – I’ve seen it happening to me (next post).

⭐ And if you didn’t get enough of me and Bali and the stunning views of paradise, check out our Cheers video of 2018.

(We’ve done something similar back in 2017, when we were in Riviera Maya – check it out here.)

Stay tuned 😎 soon I’ll be posting “where to go” in Ubud and Uluwatu!

Dicas:

  • Se têm carta de condução (não que eles vos peçam a carta, necessariamente) têm que alugar uma mota – é uma liberdade mágica ver as vistas de Bali em cima da mota e se me lembro correctamente acho que pagamos quase GBP10 por 7 dias de aluguer!
  • Eu adoro café, gosto de provar um óptimo expresso e aprecio bastante… mas quando fui visitar o Luwak Coffee fiquei extremamente desapontada. Temos uma mente extremamente aberta e não é o facto de os felinos evacuarem os grãos de café, é mesmo o sabor, é super amargo e eu não recomendo (mas obviamente se têm curiosidade, como nós, deviam experimentar!)
  • Os macacos são ladrões e vão roubar os vossos pertences – aconteceu-me a mim (conversa para o próximo post).

⭐ E se ainda não se fartaram de mim e do quão bonitas são as paisagens paradisíacas de Bali, vejam o nosso vídeo dos Brindes de 2018.

(Fizemos algo semelhante quando fomos à Riviera Maya, em 2017 – vejam aqui.)

Fiquem por aí 😎 brevemente irei postar “o que fazer” em Ubud e Uluwatu!

IMG_6370

Advertisements

My mind is telling me yes

but my body, my body is telling me NOOOOOOO-oooooh!

So one comes back from holidays, after 1 (short) week, 2 massages, a birthday, a vulcano trekking and swimming in the ocean… to be bloody slapped by this great deal of jet lag.
I swear on my life that I’ve never ever been through something like this! And I thought so, when I went to Miami or Delhi. But nope. On Monday I woke up at 3:30AM – 10:30AM in Bali (normally we would wake up around that time). How do you fall asleep after that? When your brain is super awake but your body is dead. How do you get any work done with blurry vision and feeling nauseous?
As if the holiday blues are not enough, I have to deal with this.
Yesterday I’ve started to handle it slightly better (woke up at 5AM, yay!), and today I think the jet lag is finally leaving my body (6:20AM waking up time).
I have so much to share! So stay tuned, and I promise you I will not take a year and a half to talk about Bali ❤
Hope you all have a wonderful week.

A pessoa volta de férias, depois de 1 (curta) semana, 2 massagens, um aniversário, uma escalada de um vulcão, e nadar no oceano…para ser bofeteada com uma porrada de jet lag.
Juro, pessoas, que nunca antes passei por uma coisa igual! E eu achava que sim, quando estive em Miami ou em Delhi. Mas não. Na segunda-feira acordei exactamente às 3:30AM – em Bali eram 10:30AM (a pessoa quando está de férias só acorda antes das 10AM se tiver que ser). E depois dorme? E trabalha com um cabeção que vai daqui até à lua?
É que já não bastava a tristeza pós-férias/regresso ao trabalho, ainda tinha que aturar isto.
Ontem a coisa começou a correr melhor (acordei às 5AM, yay!) e hoje já estou nos trinques (6:20AM a hora do despertar).
Eu voltarei com tanto, mas tanto para partilhar! Fiquem por aí que eu prometo que não vou levar mais um ano e meio a escrever sobre Bali. ❤
Uma óptima semana para todos.
youre-jet-lagged-from-your-holiday-life-must-be-so-hard

Exhale/Inhale

large1
Olá a todos!

A semana passada, no trabalho tivemos uma sexta-feira muito especial. A direção da minha empresa organizou a Semana do Bem-Estar. O nosso escritório foi tornado numa espécie de mercado com pequeninas barracas aqui e ali (um bocadinho estranho de imaginar, acredito.).

Começámos por ter uma aula de ginástica onde fizemos kickboxing e uns agachamentos. Isto não levou 10 minutos e foi uma maneira ótima de desanuviar um bocadinho o stress, mas para quem tinha acabado de sair do ginásio, ficou pesado!

Depois foi-nos dado a provar os sumos de fruta natural e o pão de massa “amarga” (sour dough – se isto tem um nome em português, façam favor de avisar a Ana) que não é bem a minha praia mas, valeu a experiência.

E para deixar o melhor para o final: a sessão de yoga. Durou apenas 5 minutos mas eu senti-me com as energias completamente recarregadas. Converteram uma das nossas salas de reuniões com um espírito mesmo relaxante, com música calma, pequenas luzinhas a escorregar pelas paredes, extremamente agradável. Foi-nos dito para relaxarmos numa posição da nossa preferência e inspirando e expirando ao som de um guia no youtube.

Eu adorei a experiência e recomendo a todas as pessoas de chefia por aí! O feedback dos meus colegas foi fantástico. 🙂

Esperam que tenham uma ótima semana.

~ English ~

Hello everyone!

Last week, at work, we had a very special Friday. Our management organised the Well Being week, where they had little stalls around the office with the most different things you can imagine (to have in an office, I mean).

So we started by going to a working out class where we did kickboxing and some squats. This did not lasted for more than 10 minutes and it was a great way to relieve some stress. But when you just came out of the gym, it gets slightly harder.

Afterwards we had the taste of fresh fruit juices and sour dough bread, which was not my cup of tea but it was a good experience.

And leaving the best to the end: a yoga session. Only for 5 minutes but I felt wonderfully recharged. They converted a meeting room into a yoga-mood-room, with calming music, with little led lights hanging from the walls – all very pleasant.

We got told to relax in whatever position we feel better and breathing in and out meanwhile listening to this audio guiding us through.

I absolutely love the experience and I do suggest all the management teams out there! The feedback from my colleagues was wonderful. 🙂

Have a lovely week.