2 weeks after.

Até hoje estou à espera que me chegue a inspiração para escrever mas acho que ficou no México.
Cada vez que penso nas férias e na sensação boa de lá estar, é como se eu regressasse. Apenas o meu corpo fica por cá. Mas foi tudo demasiado bonito, puro e desafiante para colocar em palavras.
Foram tantos raios de sol, queimaduras solares, A MELHOR COMIDA DO MUNDO, um bocadinho de álcool a mais, água amena e aquele tempo quente maravilhoso. Ah e regressei com 27 anos (melhor aniversário de sempre!).
Tudo isto para dizer que é tudo demasiado bom para escrever, por isso deixo-vos com algumas fotos abaixo 🙂 Quando os meus holiday blues passarem, eu vou fazer uns posts acerca das cidades que visitamos e alguns sítios que ficamos a conhecer.

I’ve been waiting for inspiration to come back but I may have left it in Mexico.
Every time I think about the holidays and the feeling that I got about being there, it just brings me back. Only my body stays here. But it was simply too beautiful, pure and adventurous to put it in words.
There were sunshines, sunburns, THE-MOST-AMAZING-FOOD-EVA, too much alcohol, warm water and the fabulous hot weather. Oh and I came back with 27 years old (best birthday ever!).
All of this to say that it was all too good to write about so I’ll leave you with some pictures below 🙂 When my holiday blues go away, I will surely be reviewing both cities we stayed in and some of the places we got to know.

Advertisements

the waiting game

1
Faltam apenas 6 sonos para ir para o México. Esta espera está-me a matar, que ansiedade!

Desde o Natal, esta é a minha segunda folga… estou completamente exausta. A precisar (intensamente) de férias.

Há sugestões por esse lado? Vamos visitar Tulum e Playa Del Carmen, no México. Se já estiveram por lá, estejam à vontade para partilhar dicas, somos todos “ouvidos”.
Muito obrigada pelas sugestões que me deram antes 🙂 são uns fofos!

Por cá agora segue-se um todo ritual de ver guias de viagem, procurar dicas na internet, fazer download de mapas e lugares de interesse, etc.

Se me seguem no instagram gostava de, desde já, desculpar-me pois se calhar as minhas fotos vão causar inveja.

Até à próxima.

6 sleeps to Mexico! I cannot wait, literally. This wait is killing me.

Since Christmas, today is my second day off…and I am completely knackered. I am in (deep) need of a holiday.

I would like to ask if any of you have tips about Tulum and Playa del Carmen, in Mexico. These will be the 2 destinations we are visiting next week.
Thank you very much for all the previous suggestions 🙂 you are awesome.

If you follow me on instagram I would like to apologise in advance, you shall approach with caution, otherwise I’m afraid the content may cause jealously.

For now, we are looking into travel guides, looking for tips about the locations, downloading maps and searching for places to visit, etc.

See you next time.

Where to?

screen-shot-2016-12-06-at-9-33-52-pm

Eu e o homem temos férias a meados de Janeiro para o meu aniversário…a questão é – para onde ir?
Eu quero fazer um voo de longo curso e temos imensas opções na mesa, de momento. Demasiadas boas opções para conseguirmos tomar uma decisão.

Então basicamente a coisa anda à volta de Cuba, México… não dá nada para perceber que as pessoas querem férias de praia, não é?

Para ser sincera, queremos mesmo é um sítio para relaxar, onde possamos tomar um copo com os pés na areia numa praia paradisíaca.

Partilhem as vossas sugestões porque ainda não decidimos nada.
Não se esquecam de me dizer o que acham na página do facebook (e já  que estão por lá, de fazer um like).

~EN~

Me and the boy have some holidays in mid-January for my birthday…question is – where to go?
I want to do a long haul flight and we have plenty of destinations in our plates at the moment. We just can’t make our minds up!

So basically it goes around Cuba, México, Domenican Republic…can you tell we are thinking about a beach holiday?

To be honest we are looking for a place to chill, have some drinks in the sand in a flawless paradise.

Feel free to share your suggestions, nothing is decided yet.
Don’t forget to tell me what you think (and like) on the Facebook page.

Cambridge

Olááá!
Se ainda não visitaram Cambridge, façam já a reserva dos bilhetes. Estou a falar a sério! Estão à espera do quê?

Há uns fins-de-semana atrás, nós decidimos visitar Cambridge e ficar a conhecer a cidade das universidades.
Depois de umas semanas de trabalho árduo, que às vezes têm o condão de nos deitar abaixo, eu tinha mesmo que sair da loucura e do caos de Londres. Eu precisava, apenas, de algo para ficar ansiosa/contar os dias. Então, eu e o meu namorado estávamos à procura de lugares para visitarmos e entre o país de Gales, Bristol, Bath, Bournemouth, Oxford, apostámos em Cambridge.

E sabem que mais? Ficámos agradavelmente surpreendidos! Eu não posso falar por ele, mas por mim… EU AMEI!
É uma cidade pequenina, pelo menos os sítios mais turísticos. É algo que valorizo numa cidade a visitar, conseguir vê-la apenas a caminhar/passear, sem ter que apanhar transportes públicos ou ter que fazer uma tour.

As universidades são lindas. Os prédios são majestosos! Parece que estamos num filme. É um sentimento fantástico, andar pela rua, ver a entrada de uma universidade, entrar apenas para “ver o que é” e dar de caras com um jardim bonito e um prédio robusto!

A minha atividade preferida foi passear no rio, naquelas barcas. O rio chama-se Cam, e aprendi na tour, que devido a todas as suas pontes (Bridges) a cidade ficou com o nome de Cambridge. 🙂 hihi.

Caso visitem, tenham em consideração o Ibis Cambridge Central Station. O hotel é novo e é um mimo. As camas são do mais confortável que já experimentei. É super conveniente, cerca de 15-20min a pé do centro da cidade e a 1minuto (não estou a brincar) da estação de comboios.

Tenham um dia fantástico e não se esqueçam de fazer like na página do Facebook, aqui.

~EN~

Oh hi!
If you haven’t been to Cambridge yet, then go ahead and book your tickets. I’m serious. What are you waiting for? Go go go.

A couple of weekends ago, we decided to visit Cambridge and get to know the Uni city.
After a few hard work weeks, that can really drag you down I had to escape from the London chaos. I just needed something to look forward to. So, me and my boyfriend were looking for places to visit and within Wales, Bristol, Bath, Bournemouth, Oxford, we placed our bets in Cambridge.

And goodness we were so surprised! I cannot speak from him, but as from myself, I ABSOLUTELY LOVED IT.
It’s a city that it’s kind of small, at least the main “touristic places”. Being able to walk around the city, and get to known places without having to hop on, hop off tours, or get on public transport, it’s something that I appreciate.

The universities are beautiful. The buildings are majestic! It feels like you are in a movie. It was an amazing feeling to be walking on the street and see the entrance of a university campus, walk in and there is an amazing garden and a lovely building!

My favourite activity of the trip was the punting in the River Cam (and I’ve learned, with that tour, that is because of it’s bridges on top of the river Cam, that’s called CAMBRIDGE) 🙂 haha.

Shall you head off to Cambridge, consider staying in the Ibis Cambridge Central Station. The hotel is new and it’s fantastic. Their beds are one of the most comfortable ones I’ve ever slept on. It’s very convenient, around 15-20min walk to the city centre and literally, 1min away from the train station. Spot on!

Have a lovely day, and don’t forget to follow my blog page on Facebook, here.

when life happens…

large2

Há um ano atrás eu conhecia apenas a Europa. Hoje eu conheço também a América e a Ásia. Quem sabe até ao fim do ano não chego a visitar o Dubai ou o Vietname.

Há um ano atrás estava nervosa para aquela que seria a primeira grande viagem da minha vida. Grande em termos de distância e de duração, e eu não sendo nada fã de aviões. Fui em trabalho à Índia, representar a minha empresa. Na altura, lembro-me de não ter muito a ideia de querer viajar e conhecer o Mundo. Mas foi aquela viagem que me abriu os olhos – literalmente. Fez-me ver que há mais para além daquele que eu chamava o meu universo.

A minha bolha rebentou e eu desmoronei. Não foi fácil e ainda é todo um processo de recuperação do trauma, MAS eu provei a mim mesma que consigo. Eu valho muito mais do que qualquer pessoa possa ver por fora. Eu sou muito mais hoje do que alguma vez fui há um ano atrás.

Eu cresci muito. Se pudesse, não tinha passado pelo que passei. Só que me fez ver que não podemos ter a nossa vida como garantida. O dia-a-dia que conhecemos hoje, amanhã pode não estar ali, pode cair o chão e fechar-se o pano da cortina de repente. E o que eu quero é chegar ao fim e pensar “Eu não poderia ter feito melhor!”.

A luz ao fundo do túnel está lá, mais ou menos apagada, mas eu prometo que a vão ver. Se chegou para mim também chega para vocês.

PS.- Um grande obrigada a quem esteve aí para os momentos críticos. Agora o sol brilha em mim com mais frequência e os sorrisos são cada vez mais verdadeiros.

(Continua…)

~EN~

One year ago I only knew Europe. Today I have visited the U.S. and Asia. And, by the end of the year I may actually go to Vietnam or Dubai.

One year ago I was pretty nervous for my first big trip. It was a massive thing to me as it was my first long haul flight and I was never a fan of flying. I went to work in India to represent my company. By that time I remember that I did not have the ambition of travelling and that wanderlust. But this was definitely a journey that opened my eyes – quite literally. It made me realise that there was so much more than what I knew in my little bubble.

So that bubble burst and I fell – face down. It wasn’t easy but I proved myself that I can do it. I am worth so much more than anyone can see and I am so much more today than I was a year ago.

I’ve grown up so much. Obviously, if I could I wouldn’t chose to go through all that pain. Though it made me see that we cannot take the good things for granted.  The daily routine we know today, may not be here tomorrow, the sky can fall suddenly. I wanna arrive to the finish line and think ‘I couldn’t have done better!’.

There is always a light at the end of the tunnel, shining brighter or a bit dim, but I promise you it’s there. If I found it, anyone can.

(to be continued…)

PS.- I would like to thank everyone that helped me through the toughest times. Now the sun is shining more often and my smiles are absolutely genuine.